40 Carros Cujos Gastos de Manutenção Consomem Todo o Orçamento dos Motoristas

Pamella Goncalves - julho 20, 2023
Share

A manutenção de automóveis raramente sai barato. Os motoristas muitas vezes gastam bastante para manter seu carro ou caminhonete. Mas alguns veículos custam muito mais para manter do que outros. Os que vêm à mente em primeiro lugar são os veículos alemães e até mesmo muitos carros modernos. À medida que os veículos se tornam mais avançados em termos de design, serão necessários ainda mais profissionais altamente treinados para manter os carros funcionando. Isso dificulta o controle dos gastos dos motoristas.

Os dias em que sabíamos arrumar nossos carros nós mesmos não existem mais. É quase impossível consertar um veículo moderno. As montadoras estão fazendo isso de propósito para que os motoristas precisem usar muito mais seus centros de serviços. Separamos 40 carros que são caros de manter e o motivo para que sejam evitados.

Photo Credit: Edmunds

40: BMW 5 Series

O antigo 5 Series é o carro é o carro superior ao 3 Series. Quando se trata de características completas, o 5 Series é um carro incrível. Mas quando se trata de manutenção, esta série de BMWs exige muitos gastos (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Apenas as trocas de óleo no BMW Série 5 custam mais de US$800 e isso nem é uma manutenção avançada. Existem dezenas de sensores e componentes elétricos que tendem a parar com o tempo também.

Photo Credit: Edmunds

39: Mercedes-Benz E-Class

Nenhum Mercedes-Benz é barato, isso é um fato. Mas o E-Class é especialmente caro. O que torna E-Class tão valioso são os custos de manutenção e de substituição das peças. Não é possível pagar pouco para consertá-lo, especialmente um modelo E-Class mais novo (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Os modelos E-Class do início dos anos 2000 são caros de manter. Apesar disso, continuaram sendo populares nos últimos anos. Enquanto carros usados começar a perder valor, o E-Class é um carro de luxo bem equipado e conceituado, mas ainda assim custa muito para continuar funcionando.

Audi A4 via Motor Trend
Photo Credit: Motor Trend

38: Audi A4

Um Audi é um besta totalmente diferente de carros de luxo comuns. Resumindo, é uma máquina construída com foco no desempenho. O A4 sempre foi um excelente carro de luxo básico que proporcionou uma excelente experiência de condução e tem um interior relativamente luxuoso. Da mesma forma, o A4 do início dos anos 2000 era um dos modelos mais populares disponíveis (via Autolist).

Photo Credit: BAT

Tinha opções de sedã e SUV, e tinha um dos melhores motores disponíveis na época. Mas os custos de reparo também eram altos e as peças de substituição para este carro são muito difíceis de encontrar. O motor turboalimentado também não é o motor mais confiável da Alemanha. Por isso, o conserto sai caro.

Photo Credit: Edmunds

37: Acura TSX

O nome Acura é associado a qualidade e confiabilidade, e é por isso que muitos podem achar que o TSX seria confiável. Infelizmente, o TSX também é um sedã de luxo muito complexo e, portanto, muitas peças tendem a parar de funcionar (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Os reparos no TSX podem ser caros, especialmente se você optar pelo modelo turboalimentado. A Honda passou por um momento difícil para que o interesse do consumidor voltasse aos modelos Acura desde que a marca mudou drasticamente nos anos 2000. O fato de que os consertos eram bem caros e prejudicavam os bolsos dos motoristas contribuiu bastante para a falta de procura.

Photo Credit: Edmunds

36: BMW 3 Series

O 3-Series ganhou muita popularidade nas últimas duas décadas, em grande parte devido ao seu excelente manuseio e aceleração. Ele com certeza não é um carro lento, especialmente para um carro usado (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Não é segredo na comunidade automobilística que os proprietários do 3-Series são únicos e o carro tem uma grande herança e cultura por trás dele. Mas os custos de manutenção para manter um 3-Series funcionando nas estradas são altos, especialmente se você comprar o carro usado. E como qualquer BMW, isso faz com que os motoristas gastem muito.

Photo Credit: Edmunds

35: Infiniti M

Quando a marca Infiniti foi proposta pela primeira vez, ela foi anunciada como uma opção única. A ideia por trás da marca era incorporar o desempenho e a paixão na condução. Os primeiros modelos Infiniti não ofereceram muito disso, mas as recentes encarnações da série M mudaram as coisas (via Autolist).

Photo Credit: Car Domain

Mesmo que o carro seja ótimo de conduzir, existem alguns problemas. O design das gerações mais recentes da série M é atraente, mas os custos de manutenção são bem altos.

Cadillac SRX Via Motor Trend
Photo Credit: Motor Trend

34: Cadillac SRX

O Cadillac merece crédito devido, já que o SRX foi um dos primeiros SUVs crossover convencionais. A primeira geração do SRX era atraente e o seu desempenho foi acima da média para um SUV (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

No entanto, como acontece com a maioria dos automóveis de luxo, os custos dos consertos do SRX eram altos. O reparo mais caro normalmente é o da transmissão. O SRX tem uma transmissão com muitas características especiais e por isso o seu reparo sai caro.

Photo Credit: Edmunds

33: Subaru Legacy

O Legacy sempre foi conhecido como um carro acessível e confiável. Mas quando os reparos são feitos, o custo pode ser caro. Dependendo do que der errado com o carro, você terá que gastar bastante para consertá-lo (via Autolist).

2005 Subaru Legacy - 2009 Subaru Legacy
Photo Credit: Edmunds

Problemas comuns com o Legacy incluem o sistema de tração nas quatro rodas e a falha da junta do cabeçote. Estes problemas são comuns em muitos modelos Subaru, mas o Legacy está entre os mais caros para reparar se necessário.

Ford Mustang GT 1994

32: Ford Mustang

O Mustang é um estábulo americano quando se trata do carro de pônei moderno. O design atraente e o preço aparentemente acessível fazem do Mustang um carro que qualquer pessoa pode possuir. Mas isso não significa que você não estará sujeito a reparos caros (via Autolist).

Photo Credit: Ford

O Mustang é um dos carros mais caros para reparar, e isso depende do que exatamente está errado no momento. A junta do cabeçote é cara de reparar e a transmissão tende a falhar frequentemente nos modelos automáticos.

Photo Credit: Car & Driver

31: Volkswagen Passat

Não preciso nem dizer que os carros alemães são caros de consertar, mas o Passat tira mais dinheiro do que o comum. Dependendo da geração do Passat que você decidir comprar, o carro pode ser caro (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Os problemas mais comuns são a falha da transmissão e o vazamento de óleo do turbocompressor no modelo 2.0 T. Assim como acontece com qualquer automóvel alemão, os reparos são caros, muitas vezes custam mais do que o valor do carro.

Photo Credit: Chrysler

30: Chrysler 200

O Chrysler 200 foi um dos investimentos mais caros que a Chrysler Corporation já fez. Infelizmente, o carro não vendeu muito, bem diferente das expectativas da empresa. Um dos problemas com este carro foi a percepção de falta de qualidade e confiabilidade (via Autolist).

Photo Credit: Chrysler

O Chrysler 200 é conhecido por suas falhas na junta do cabeçote, bem como falhas na transmissão. A transmissão CVT não é boa o suficiente para te incentivar a comprar este carro. Você gastará muito para consertá-lo e a maioria dos modelos 200 não tem mais garantia. Isso significa que ele irá tirar muito dinheiro dos motoristas.

Photo Credit: Car & Driver

29: Mazda 6

O Mazda criou sua boa reputação de qualidade na última década. Mas isso não significa que seus reparos não sejam caros. O Mazda 6 é bem conhecido por ser um sedã divertido de dirigir e atraente, mas essa diversão é apenas superficial (via Autolist).

Photo Credit: Car & Driver

Os principais problemas do Mazda 6 são relacionados ao sistema de transmissão e de refrigeração. Quando esses carros superaquecem, eles superaquecem muito, e o custo dos reparos é bem alto. Os altos valores afetaram a escolha de possíveis compradores.

Photo Credit: Acura

28: Acura RDX

O Acura RDX foi um sucesso surpresa para a marca, já que os consumidores estavam em busca de modelos SUV compactos. O RDX foi lançado lançado imediatamente após a popularidade do MDX SUV, e tinha algumas características especiais (via Autolist).

Photo Credit: Acura

Mas se, infelizmente você adquiriu uma versão SH-AWD, então gastará muito com reparos. Este carro tem um dos sistemas de tração integral mais caros que a Honda já produziu e custa muito para consertar.

Photo Credit: Dodge

27: Dodge Ram 1500

Na última década, a Dodge Ram tornou-se uma das picapes mais vendidas de todos os tempos. Parte disso é porque a caminhonete tem um design atemporal e muitas características superiores para o preço (via Autolist).

Photo Credit: Chrysler

Mas as versões mais antigas desta caminhonete são problemáticas e difíceis de reparar. A transmissão é a falha mais comum da Dodge Ram. Este reparo geralmente custará cerca de US $2400 para fazer uma substituição completa.

Enclave Via Motor Trend
Photo Credit: Motor Trend

26: Buick Enclave

Após a falência da GM em 2008, a empresa lançou muitos veículos novos e inovadores. O Enclave foi lançado juntamente com os outros novos modelos de crossover da GM. O luxuoso SUV foi construído com base no sucesso que o Buick tinha anteriormente com o Rendezvous (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Mas junto com características de luxo de alta classe, também vem altos custos, e o Enclave não está imune a isso. Muitos problemas podem acontecer, já que ele pode eliminar a quilometragem, e os custos para reparar são altos.

Photo Credit: Edmunds

25: Chevrolet Traverse

O primo corporativo do Enclave, o Traverse, tem sua parcela justa de reparos caros de que os proprietários terão que cuidar. Este SUV passa por muitos problemas de superaquecimento com o passar do tempo, e isso só tende a piorar à medida que o veículo envelhece (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Há também questões elétricas que tendem a serem conectadas ao interior do carro. O sistema de navegação também é problemático. Você gastará um baita dinheiro para manter os modelos Traverse de primeira geração rodando na estrada.

Photo Credit: Car Domain

24: Honda Odyssey

Como uma minivan fabricada pela Honda poderia ter uma manutenção tão cara? Bem, a Odyssey tem seus problemas por causa dos altos custos de reparo. O ponto forte da Odyssey é que essa van permanece uma força dominante no segmento de minivans por muito tempo (via Autolist).

Photo Credit: Car Domain

A desvantagem da Odyssey é que ela tem muitos defeitos que são caros para consertar. A transmissão falha frequentemente na primeira geração, e também existem problemas recorrentes com as válvulas. Este é um problema tão comum que a Honda até aborda na garantia. Mas para modelos usados, infelizmente, esse não é o caso.

Photo Credit: Edmunds

23: Nissan Murano

O Murano foi uma grande mudança para a Nissan e um dos primeiros modelos de SUV crossover a chegar ao mercado. O primeiro Murano se inspirou no carro esportivo Nissan Z, então sua estética de condução era excelente (via Autolist).

Photo Credit: Edmunds

Infelizmente, a manutenção deste carro é cara, porque ele apresenta muitos problemas. Ele não muito confiável e a transmissão CVT é, na melhor das hipóteses, problemática. O carro também apresentou muitos problemas elétricos.

Photo Credit: Edmunds

22: Subaru Outback

O Outback é um dos SUVs mais populares, e trouxe graça ao mundo automotivo. Nos últimos anos, possuir um Subaru tornou-se uma espécie de símbolo de status. Mas um carro símbolo de status necessita de reparos caros (via Hot Cars).

Photo Credit: Edmunds

O sistema AWD do Outback não é à prova de balas e os modelos mais antigos também estão sujeitos a falhas na junta do cabeçote. Isso não quer dizer que o Outback seja ruim, só significa que sua manutenção é cara.

Photo Credit: Subaru

21: Subaru Forester

Os proprietários de Foresters enfrentam todos os tipos de problemas, incluindo falhas na junta do cabeçote e superaquecimento. O Forester é confiável quando tem baixa quilometragem no hodômetro, mas à medida que o carro envelhece, estes problemas tendem a ser mais frequentes (via Hot Cars).

Photo Credit: Subaru

Outro problema com os primeiros modelos do Forester é a ferrugem, que tende a atingir as cavidades das rodas do carro. Este é outro problema bem conhecido que a Subaru reconheceu, e que custa caro para ser resolvido.

Photo Credit: Chrysler

20: Chrysler Sebring

O Sebring foi por muito tempo o querido das frotas de carros alugados em todo o país, graças ao seu preço baixo e a um exterior aparentemente elegante. Infelizmente, porém, o Sebring não teve a melhor qualidade, e muitos problemas surgiram por causa disso (via Hot Cars).

Photo Credit: Chrysler

O Sebring teve uma notória taxa de falha do motor, envolvendo o 2.7 L V6. Estes motores são conhecidos pelo desgaste prematuro e coisas piores. O custo destes reparos é gigante e por isso, este carro é um dos mais caros de manter.

Photo Credit: GM

19: Chevrolet Suburban

O Suburban é um dos carros mais antigos, e é um carro familiar original. Este grandalhão é popular no mundo dos SUVs, e ficou ainda mais popular nas últimas duas décadas (via Hot Cars).

Suburban Via GM
Photo Credit: GM

Mas o Suburban não está livre de falhas, e se você possui um, precisará gastar com reparos. O problema mais comum com os primeiros modelos Vortec V8 é que, o reparo de bicos injetores pode chegar até 800 dólares.

Mini Cooper
Photo Credit: Mini

18: Mini Cooper

O Mini Cooper ressurgiu com um novo modelo em 2001 e, desde então, permaneceu uma opção única. Mas o Mini Cooper é um carro complexo e os custos de reparo podem ser caros (via Hot Cars).

Mini Cooper
Photo Credit: Mini

Mesmo uma troca de óleo em um desses automóveis pode custar muito, especialmente na concessionária. Nos últimos anos, a sua transmissão também causou muitos problemas, o seu reparo não é barato.

1999 Dodge Caravan
Photo Credit: Dodge

17: Dodge Grand Caravan

A minivan original e indiscutivelmente a mais popular que já aapareceu no mundo automotivo também é cara de consertar. O Grand Caravan tem um dos recordes de vendas mais estelares de qualquer minivan no mercado (via Hot Cars).

Dodge Caravan Via Edmunds
Photo Credit: Edmunds

Mas há muitos problemas de confiabilidade com o caravan, e muitos destes problemas são caros para reparar. A transmissão é a mais comum e a corrente de distribuição é a segunda falha mais comum na Grand Caravan.

GMC Acadia Via Motor Trend
Photo Credit Motor Trend

16: GMC Acadia

A variante GMC do crossover triplo, incluindo o Buick Enclave e o Chevy Traverse, também não é muito confiável. O design desses automóveis foi levado às pressas para o mercado e, portanto, havia muitas falhas (via Hot Cars).

Photo Credit: Edmunds

A transmissão CVT é problemática e o custo para substituir uma delas é caro. A junta do cabeçote também causa muitos problemas nos primeiros modelos do Acadia, e sai bem caro para consertar.

Photo Credit: Pinterest

15: Jeep Wrangler

O Wrangler é um SUV off-road popular com muito potencial, mas os modelos recentes têm sido problemáticos. É de se esperar que qualquer SUV moderno tenha custos de reparo mais caros do que os clássicos, mas o Wrangler passou dos limites (via Hot Cars).

Photo Credit: Wrangler TJ Forum

Houve problemas com as vedações ao longo da parte superior removível, o superaquecimento do motor e vários problemas elétricos. Também houve problemas relacionados ao sistema 4WD, e este é um dos mais caros de reparar.

Photo Credit: Edmunds

14: Nissan Maxima

O Maxima é frequentemente referido como um dos modelos Nissan mais populares de todos os tempos. Este foi o primeiro sedã com um interior falante. Mas os modelos Maxima modernos começaram a perder popularidade (via Hot Cars).

Photo Credit: Edmunds

Uma dos motivos foi os altos custos de reparo. O Maxima não é barato de consertar, e o problema mais comum foi associado à transmissão CVT. A junta do cabeçote também é um reparo caro que tende a acontecer nos modelos Maxima mais antigos.

Photo Credit: Edmunds

13: Acura TL

O TL é de longe um dos carros mais subestimados desta lista, pois tem sido um elemento básico da linha Acura. Com isso dito, o carro também apresenta muitos problemas caros de resolver (via Hot Cars).

Photo Credit: Edmunds

O que exatamente dá errado quando você possui um TL? Bem, há algumas coisas que tendem a acontecer com este carro. Mais recentemente, estes problemas têm sido relacionados com a transmissão CVT, além de problemas na correia de distribuição.

Photo Credit: Honda

12: Honda Pilot

Durante anos, o Honda Passport foi o único SUV vendido na linha Honda, ou pelo menos o único SUV autêntico porque havia o CR-V. infelizmente, ele não era nada além de um Isuzu Rodeo com um emblema diferente. Quando o Pilot chegou ao mercado, era um autêntico modelo Honda em todos os sentidos (via Hot Cars).

Photo Credit: Honda

O Pilot teve problemas com a transmissão, traseira e até superaquecimento à medida que a quilometragem aumenta. A Honda corrigiu muitos desses problemas com boletins de serviço, mas infelizmente a garantia não cobre modelos usados.

Photo Credit: Edmunds

11: Jaguar F-Pace

As últimas duas décadas não foram muito agradáveis para a marca Jaguar. O F-Pace foi projetado e construído para consertar a reputação incrivelmente manchada. O crossover tem uma grande presença de condução e design de interior, mas apresentou muitos problemas (via Hot Cars).

Photo Credit: Edmunds

Houve vazamentos de líquido de arrefecimento, e este reparo é caro, e também houve problemas com a caixa de câmbio. Os consumidores não esperam encontrar esses problemas em um carro de US$ 47 mil.

Photo Credit: Car Gurus

10: Porsche Cayenne

O Cayenne está no mercado há muito tempo e, a cada ano, o SUV fica um pouco melhor. Mas isso não significa que houveram obstáculos ao longo do caminho, já que esse SUV teve suas falhas (via Motor 1).

Photo Credit: Car Gurus

O Cayenne teve problemas com o vazamento de óleo do turbocompressor, bem como com a saída do solenoide da transmissão. Estes já são reparos caros em qualquer carro, mas são especialmente em um SUV Porsche.

Range Rover
Photo Credit: CarDomain

9: Land Rover Range Rover

Houve uma época em que a Land Rover era a melhor quando se tratava da categoria off-road. Mas nos últimos anos, a marca tornou-se mais um símbolo de status. Isso não muda o fato de que o Range Rover ainda é um dos SUV’s mais problemáticos rodando por aí. (via Motor 1).

Photo Credit: Edmunds

Até mesmo na melhor das hipóteses a confiabilidade do modelo é questionável, e se você adquirir um modelo usado, será ainda pior. As falhas da junta do cabeçote são desenfreadas nesses veículos, e o preço para realizar esse reparo será de milhares de dólares.

Photo Credit: BMW Life

8: BMW X-Series

Quando a BMW lançou seu primeiro modelo de SUV no início dos anos 2000, entregaram um modelo inovador. Não haviam muitas SUV’s de luxo no mercado naquele momento, muito menos desenvolvidos por uma fabricante alemã. No entanto, como é o caso da maioria dos veículos de luxo alemães, os custos de manutenção são absurdamente altos (via Motor 1).

Photo Credit: Car Domain

Não será barato levar a sua BMW X-Series para manutenção. A maioria dos reparos que esses veículos tendem a precisar gira em torno de problemas elétricos e de transmissão, e nenhum dos dois é barato de consertar.

Foto Credit: GM

7: Chevrolet Impala

O Impala é um sedan notável e um dos modelos famosos da GM mais antigos de todos os tempos. Mas houveram muitos problemas com este carro nos últimos anos. A qualidade da fabricação da GM não é mais o que era antes, e este é o caso do Impala (via Motor 1).

Impala
Photo Credit: Car Domain

Os problemas de superaquecimento que atingem esses carros são apenas um dos problemas mais comuns que você encontrará. Há também problemas com a transmissão e, mais recentemente, um sistema de freios defeituoso foi coberto por um recall.

Photo Credit: Edmunds

6: Mercedes-Benz Sprinter

O Sprinter foi uma surpresa para a Mercedes-Benz nos Estados Unidos, mudando completamente o segmento de minivans tal como o conhecemos. Essas grandes vans a diesel não são baratas de manter e, quando chegar a hora de consertar, você gastará uma grande quantia de dinheiro (via Motor 1).

Photo Credit: Edmunds

As versões mais recentes da Sprinter tem sofrido muitos problemas de transmissão, bem como vários problemas de superaquecimento. Como este é um veículo fabricado pela Mercedes-Benz, você sentirá o peso no bolso quando a conta do conserto chegar.

Photo Credit: Ford

5: Ford Focus

A Ford tentou durante anos reivindicar o segmento dos carros compactos e, em 2000, a empresa finalmente avançou com o Focus. O carro era incrivelmente popular, e havia até um modelo esportivo raro chamado Focus SVT (via Motor 1).

Photo Credit: Car Domain

Mas todo esse sucesso não foi suficiente para impedir o fato de o carro ainda ter muitos problemas de confiabilidade. As juntas do cabeçote sempre estavam falhando nos modelos de primeira geração e a correia de distribuição também era um problema.

Photo Credit: Acura

4: Acura MDX

O MDX foi o primeiro SUV Acura oficial a chegar ao mercado, já que o SLX anterior era apenas um Isuzu Trooper carregando o nome da fabricante. O MDX forneceu muitos recursos excelentes e o estilo foi muito melhor do que o esperado (via Motor 1).

Photo Credit: Acura

Com o passar do tempo, o SUV perdeu confiabilidade. A correia de distribuição tende a desgastar rápido e o motor também apresenta problemas de junta do cabeçote. A transmissão também é problemática e o reparo não é barato, pois o MDX é um veículo de luxo. Também é um carro que exige muito dinheiro e atenção.

Photo Credit: Edmunds

3: Jeep Grand Cherokee

O Grand Cherokee é comercializado como um SUV de luxo desde o dia em que chegou ao mercado. Com esse tipo de reconhecimento vem um preço de SUV de luxo e também reparos caros (via Motor 1).

Photo Credit: Edmunds

O Grand Cherokee passou por momentos especialmente difíceis durante os anos da Daimler, pois esses veículos compartilhavam muitos componentes com a Mercedes-Benz. A falha da transmissão era muito comum, e a falha da junta do cabeçote também frustrava os proprietários desses SUVs.

Photo Credit: Edmunds

2: Chevrolet Cobalt

Quando o Cobalt chegou ao mercado, foi o substituto do carro compacto Cavalier de longa duração. O Cavalier tinha sido um sucesso da GM e foi um dos carros mais conhecidos da época. As pessoas tinham grandes expectativas para o Cobalt, principalmente por causa da oferta decente (via Motor 1).

Photo Credit: Edmunds

Mas houve problemas de confiabilidade com o Cobalt, o que dificulta sua venda. O sistema de refrigeração tem muitas falhas e tende a ser um reparo caro. O sistema AC é mais um reparo caro no Cobalt, tornando este modelo Chevy um que faz os proprietários gastarem muito.

Photo Credit: Ford

1: Ford Explorer

Não há como negar que o Explorer é um dos modelos de SUV mais influentes que chegou ao mercado. Há milhões deles na estrada agora e continua sendo um sucesso de vendas com o passar do tempo (via Motor 1).

Photo Credit: Motor Authority

No entanto, inúmeros problemas acontecem com os modelos Explorer com o passar do tempo, e muitos deles são muito caros para reparar. Os principais problemas que acontecem com os modelos mais antigos do Explorer são na suspensão e na transmissão. Estes consertos são cruciais para a qualidade de condução do veículo.

Advertisement
Advertisement